Festival de verão de Cunha contará com série de atrações




A 5ª edição do “Verão na Montanha Cunha Fest”, da cidade de Cunha (SP), começa hoje, dia 20 e segue até 29 de janeiro, de sexta a domingo, com uma série de bandas e cantores dos mais variados estilos musicais, de black music a R&B até MPB e sambalanço, passando por rock, reggae, soul e folk. O palco do festival ficará em frente à Igreja Matriz (Praça Cônego Siqueira) e os visitantes também poderão contar com atrações turísticas e opções gastronômicas.

No primeiro final de semana, os destaques da programação são a banda Black Rio, que fará uma homenagem a Tim Maia na sexta 20/1, e a cantora Vanessa Jackson, que apresenta o melhor da black music no domingo 22/1.



Já no segundo final de semana, as atrações principais são o bloco Tins e Bens e Tais, comandado pelos músicos João Suplicy e Vítor da Candelária, no sábado 28/1, e a cantora Paula Lima no domingo 29/1 – ela apresentará sucessos nacionais e internacionais do neo soul ao lado da banda Serial Funkers.



Antes dos shows, ao longo de cada dia, pode-se visitar a Pedra da Macela, que oferece uma vista panorâmica da região, incluindo Paraty (RJ), o Parque Estadual da Serra do Mar, cachoeiras, campos de lavandas e olivais. Cunha é um paraíso para quem gosta de natureza.

Mas não para por aí. O acesso à cultura está garantido nas visitas às dezenas de ateliês de cerâmica e joias, que comercializam peças e fazem workshops ao público, e à Casa do Artesão, que exibe grande variedade de cerâmicas e artesanatos locais. E no que se refere à gastronomia, Cunha também é um destino imperdível. As opções são inúmeras, para todos os gostos de bolsos.

A rede hoteleira local também é bastante abrangente, com pousadas e hotéis-fazenda para os mais diferentes perfis de viajantes.


Vale lembrar que em junho de 2022 Cunha conquistou o título de Capital Nacional da Cerâmica de Alta Temperatura, com a sanção da lei 14.343, e que em março do mesmo ano a cidade foi eleita pelos leitores do Booking.com como a mais acolhedora do Estado de São Paulo, como parte do prêmio Traveller Review Awards.


Fonte: Ana Davini

Comentários