Dia do Cliente: tendências para conquistar e fidelizar



No dia 15 de setembro é comemorado o Dia do Cliente. A data foi criada para homenagear os clientes e estreitar as relações entre o comércio e os consumidores. Sabemos que a experiência do cliente é um ponto chave de qualquer negócio e representa um fator determinante no processo de decisão de compra do consumidor.

Toda a interação que o cliente tem com a marca, da pré-venda ao pós-venda, resulta na impressão que a empresa deixa no consumidor.

Sete tendências que vão ajudar a elevar a qualidade da experiência dos clientes ao consumir seus produtos e serviços:

1. Experiência Omnichannel:

Oferecer uma experiência omnichannel é conduzir melhores relacionamentos com seus públicos em todos os pontos de contato, permitindo ao usuário um uso simultâneo e integrado dos seus diferentes canais. A experiência entregue precisa ser completa, de ponta a ponta. Isso envolve questionar: Quais canais de comunicação são usados pela empresa? Como eles são usados? Estão integrados? Qual mensagem querem transmitir? Qual canal ainda não é utilizado? A ideia é integrar diferentes canais de comunicação e oferecer aos clientes uma experiência de marca unificada. Em uma experiência omnichannel, um canal ajuda o outro e a empresa é capaz de oferecer uma jornada de relacionamento cada vez melhor.

2. Phygital:

Experiência phygital é promover a conexão entre o mundo real e digital. O desafio das empresas vem sendo redesenhar modelos de compra em um mundo cada vez mais digitalizado. Isso envolve tirar o vendedor de trás do balcão da loja física, onde ele está esperando o cliente, e colocá-lo no mundo digital para falar de promoções e produtos, promovendo uma conexão com o consumidor. A ideia é marcar presença em ambientes físicos e digitais, assim como construir relevância e engajamento da marca com o público consumidor também de forma offline.

3. Investir na equipe:

É importante ter em mente que a experiência do cliente está diretamente ligada àexperiência que o colaborador tem na empresa. Oferecer uma boa experiência aos funcionários vai refletir diretamente no atendimento e na forma como eles irão interagir com o cliente. Por isso, vale a pena investir no desenvolvimento da equipe, oferecendo treinamentos para que eles entendam a importância de priorizar a jornada do consumidor, sabendo dar o suporte necessário aos clientes. Oferecer uma experiência personalizada deve ser um esforço de toda a equipe.

4. Conheça o seu cliente:

Encantar o cliente parece mágica, mas não é, depende de muito planejamento e estratégias assertivas. Quando isso acontece, o resultado é uma alta percepção de valor em relação ao produto ou serviço oferecido. Por falta de planejamento, muitas empresas acabam por não encantar ninguém. Conhecer quem se deseja encantar é um primeiro passo. Com uma análise de perfil assertiva, é possível traçar estratégias que serão direcionadas a cada público do negócio, convertendo mais vendas. A empresa que conhece o perfil e o comportamento dos seus clientes como hábitos, valores e atitudes, sabe o que deve oferecer. Conhecer o seu target e desenvolver estratégias para suas necessidades e desejos é fundamental para o aumento da taxa de conversão e,consequentemente, da recorrência.

5. Crie laços:

É fundamental criar laços com o cliente antes e depois da compra, isso mostra que a empresa se importa não só com o lucro, mas também com a experiência que ele tem com o produto. Essa estratégia deve ser construída antes mesmo da compra do produto, mapeando o seu cliente, sabendo o que ele espera da sua marca, e após as compras continuar se importando com ele. Nesse ponto vale enviar e-mails ou mensagens perguntando o que achou do produto, se algo o desagradou, e pedindo dicas que ele pode oferecer para possíveis melhorias.

6. Não faça o cliente perder tempo:

Uma experiência bem sucedida deve levar em consideração o tempo do cliente em cada interação. É importante que as empresas se esforcem para diminuir o tempo necessário dos clientes para receber os produtos ou serviços que eles desejam. Nesse sentido, vale a pena recorrer às ferramentas de gestão de fluxo de trabalho, inteligência artificial e automação de processos de negócio a fim de aumentar a eficiência e produtividade, gerando impacto direto na satisfação do cliente. Isso pode evitar que sua audiência se frustre e que potenciais clientes não abandonem sua jornada antes de concluí-la.

7. Diversifique os meios de pagamento:

Oferecer diferentes meios de pagamento, como condições especiais para compras à vista e parcelamento no boleto, é um diferencial competitivo e ajuda o cliente a não desistir da compra. Para as pessoas que não possuem cartão de crédito, ou não querem comprometer o limite do seu cartão, mas precisam parcelar, opção como o Provu Boleto Parcelado, por exemplo, é uma boa alternativa, enquanto o comerciante recebe o valor total da compra, sem pagamento de taxas, como acontece com as maquininhas de cartão de crédito.

Fonte: Monique Azeredo / Provu

Comentários