Patagônia Chilena: descubra cinco lugares para conhecer na região

               

Localizada no extremo austral da América do Sul, a Patagônia é uma das regiões mais desejadas pelos viajantes que buscam turismo de natureza e aventura. Compartilhado entre Chile e Argentina, o lugar se divide entre pradarias e estepes áridas de um lado e fiordes e geleiras de outro.

No Chile, as regiões inseridas são: Aysén, Magallanes e dos Lagos, sendo caracterizadas por uma geografia bastante variada, resultando em uma grande diversidade de paisagens, climas, cultura e ecossistemas como montanhas, fiordes, canais e ilhas.

Destinos imperdíveis para visitar no país:

- Punta Arenas

A cidade portuária situada entre geleiras e fiordes chama a atenção por seu ar puro e arquitetura com influência europeia. Punta Arenas é considerada a capital da província de Tierra del Fuego e reúne atrações como o Museu Maggiorino Borgatello e a Reserva Natural de Magalhães, com 19 mil hectares com trilhas.


Além disso, na cidade é possível fazer um passeio de navegação pelo Estreito de Magalhães até chegar à Ilha Magdalena, onde se avistam milhares de pinguins que vivem na região.

- Puerto Natales:

Porta de entrada para as Torres del Paine, Puerto Natales reúne atividades de aventura e ecoturismo, além de atrações como o Cerro Dorotea, de onde é possível ter uma visão da cidade de cima, e a Gruta do Milodon, formado por três cavernas, e que abriga um monumento ao animal que lhe dá nome – uma espécie de preguiça gigantes que viveu na região há mais de dez mil anos.


No destino, vale visitar também o Parque Nacional Bernardo O’Higgins, casa do grupo étnico kawésqar, onde se destacam os campos de gelo do sul na paisagem, assim como os glaciares Balmaceda e Serrano.

-Torres del Paine:

Principal cartão-postal da Patagônia chilena, Torres del Paine já foi eleita a 8ª maravilha do mundo. E não à toa, já que sua beleza cinematográfica encanta a todos, principalmente com as geleiras e os chifres de granito que compõem o visual.


O Parque Nacional Torres del Paine é declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO, com 240 mil hectares de área, sendo boa parte intocada. Ali, além das atividades como trekking, é possível visitar pontos como o Lago Grey, o Vale e o Glaciar do Francês e o Lago Nordenskjold.

- Carretera Austral:

A rota de mais de 1200 quilômetros é única no mundo, percorrendo paisagens remotas da Patagônia, incluindo cachoeiras glaciares, plantas tropicais e cavernas de mármore.


Também chamada de Rota 7, pode ser feita tanto de carro, quanto de bicicleta, e passa por atrativos como: o Parque Pulamin, os lagos Espolón e Loncolao, o Parque Nacional Queulat, as águas termais de Puyuhuapi, entre outros.

Ali também é possível fazer atividades de aventura, como rafting e trekking.

- Puerto Varas:

Próxima a Puerto Montt, entre lagos andinos e vulcões, Puerto Varas combina arquitetura e tradições alemãs e paisagens tipicamente chilenas. Conhecida como Cidade das Rosas, está às margens do Lago Llanquihue, o maior da região. Completam o cenário os vulcões Calbuco e Osorno, com seus picos nevados.

Ali é possível andar de caiaque, fazer pesca esportiva ou mesmo pedalar até os Saltos de Petrohué. Vale visitar ainda os parques nacionais Vicente Pérez Rosales e o Alerce Andino.


Fonte: Patagonia Experience Travel - agência especializada em destinos do chamado “Fim do Mundo”

Comentários