Motivos para visitar Caldas Novas

   .

A maior mina de água hidrotérmica do mundo, Caldas Novas recebe turistas o ano inteiro em busca de suas famosas fontes de águas quentes espalhadas por toda a cidade, com grandes piscinas naturais e muito conforto. Independente de quanto tempo você vai ficar em Caldas Novas, em Goiás, não deixe de visitar os seguintes lugares:

- Parque Estadual da Serra

As trilhas levam a banhos de cachoeiras com águas geladinhas, oferecendo dois caminhos: cascatinha e paudão, com nível leve e intermediário e duração de uma a três horas. Tem recompensa melhor do que, depois de andar durante tanto tempo, dar de cara com uma bela cachoeira? Acho que não.

Lago Corumbá:

Para os amantes de esportes náuticos, o lago oferece passeios de lancha, barco e jet-ski que levam até cachoeiras e bares ao longo da orla. A pesca esportiva é um dos hobbies praticados no local, que sedia até mesmo campeonatos da modalidade.

Lagoa Quente de Pirapitinga:

Para quem gosta de curtir aquela água quentinha, a Lagoa Quente é fantástica. Localizada a 20 km do centro, no interior do Lagoa Thermas Parque, esse é o local de maior temperatura da região, onde brotam águas com aproximadamente 50°C. O local oferece camping com banheiros, quadras, saunas e restaurantes.

diRoma Acqua Park:

Imagine um lugar onde é possível se divertir e descansar ao mesmo tempo, além de viver novas emoções e sentir adrenalina. Isso você vai encontrar no complexo dos hotéis diRoma, com opções para todos os gostos, águas termais e ambiente cercado por muito verde. As acomodações possuem suíte, TV, telefone, frigobar e ar-condicionado. Há também a oportunidade de desfrutar de um fantástico parque aquático.

Rio Quente:

No munícipio de Rio Quente, bem ao lado de Caldas Novas, o Rio Quente Resorts conta com três parques: o Parque das Fontes, com bares molhados, piscinas e ofurôs com água quente, o Eko Aventura Park, com atividades radicais, e o Hot Park, para aqueles que gostam de corredeiras e toboáguas, além de lazer com hidromassagem em banheiras de águas quentes e a Praia do Cerrado.

Monumento das Águas:

Não deixe de tirar uma selfie no famoso Monumento das Águas. O local fica logo na entrada de Caldas Novas. Além das belas cascatas e jardins, possui uma escultura magnífica. O barulho das águas lembra cachoeiras, proporcionando paz e tranquilidade.

Casarão dos Gonzaga:

Ponto turístico tradicional e importante, é a construção mais antiga da cidade e tornou-se Patrimônio Cultural, hoje abrigando um acervo de peças antigas e centro de apoio ao artesanato goiano.

Jardim Japonês:

Quer fugir da bagunça dos parques? Então aproveite a paz, reflexão e equilíbrio que o jardim oferece. Há alguns lugares significativos, como uma ponte que ao passar por ela é deixada para trás toda a negatividade, a pedra da tartaruga que representa a longevidade, a árvore tamareira que significa amizade, as escadas em volta da cachoeira que significam família e as águas que caem, purificação. Sem dúvidas, não deixe de visitar esse jardim, um lugar de muita tranquilidade e renovação.

Trenzinho:

Quer conhecer a cidade de uma forma mais tranquila? Fique à vontade para pegar o trenzinho e se divertir. Conheça alguns pontos turísticos e passe em frente ao Parque Primavera, onde fica o Parque de Diversões e a Feira do Luar. Durante a manhã e à tarde os passeios são mais vazios, já de noite o trenzinho fica cheio e todo iluminado. 

Cachaçaria Vale das Águas Quentes:

É um espaço rústico com loja, centro de produção, degustação e armazenamento de cachaças e licores artesanais. A cachaça é envelhecida como antigamente em barris, dando assim aquele agradável gostinho suave. O local fica na Av. Coronel Bento Godoy, 2000, Estância Itanhangá, e abre de segunda a sábado e feriados, das 9h às 18h30.

Fonte: Convention & Visitors Bureau de Caldas Novas / Caroline de Oliveira

Comentários