Filmes sobre viagens para inspirar novos destinos em 2022


Desde 1985, ano em que foi inventado, o cinema tem sido o grande responsável por atrair multidões, criar heróis, vilões e histórias incríveis capaz de entreter, emocionar e até mesmo inspirar viagens ao redor do mundo. Determinados títulos, aliás, se destacaram nas telinhas não só pela sua excepcional trama, mas por um belíssimo trabalho de fotografia ao promover destinos reais que serviram de pano de fundo para grandes produções. Em alguns casos, a publicidade é mais do que certeira.

 Confira:

- Lost in Translation (Encontros & Desencontros)

Quem sempre sonhou em conhecer o Japão, certamente irá gostar de Lost in Translation, de Sofia Coppola. Lançado em 2003, o longa, que aqui no Brasil recebeu o nome de Encontros & Desencontros, retrata a história de Bob e Charlotte, dois norte-americanos que acabam se conhecendo em um bar de hotel em Tóquio. Enquanto Bob, interpretado por Bill Murray está no país asiático para gravar alguns comerciais, Charlotte, eternizada por Scarlet Johansson, encontra-se sozinha enquanto seu marido está trabalhando fora da cidade. Entediados e deprimidos, uma profunda relação de compreensão mútua surge enquanto ambos passam a desbravar as nuances da capital japonesa.

- The Beach (A Praia)

Estrelado por ninguém menos que Leonardo DiCaprio, o filme A Praia, lançado nos cinemas brasileiros em fevereiro dos anos 2000, foi o grande responsável por evidenciar para o mundo as belezas da paradisíaca praia de Maya Bay, na Tailândia. Sua exuberante beleza natural, totalmente cercada por penhascos e acessível apenas por meio de barcos, se tornou um dos pontos turísticos mais populares do país, sendo até mesmo fechado para visitação entre 2018 e 2022 por conta da degradação. O local foi reaberto em janeiro deste ano e, diferentemente da ficção, o trajeto não inclui nado em mar aberto, guardas armados e nem mesmo uma comunidade local pra lá de suspeita.

- Into the Wild (Na Natureza Selvagem)

Neste clássico drama biográfico, dirigido por Sean Penn e inspirado no livro “Into the Wild”, escrito pelo jornalista Jon Krakauer, em 1996, as belezas do Alasca ganham forma ao retratar as aventuras reais vivenciadas pelo jovem Christopher McCandless pela América do Norte em sua busca por autoconhecimento e liberdade. O longa explora os verdadeiros valores da vida, em uma trama envolvente e repleta de paisagens exuberantes e atrações pra lá de charmosas e perigosas para excursionistas. Em 2020, o icônico Fairbanks Bus 142, casa do aventureiro em 1992, precisou ser retirado dos do Parque Nacional Denali, por conta do grande número de acidentes envolvendo curiosos e entusiastas. Apesar dos perigos, o turismo ecológico no Alasca sob supervisão pode ser bastante prazeroso.

- O Turista (The Tourist)

Lançado em 2010 e estrelado por uma verdadeira constelação de astros como Angelina Jolie, Johnny Depp, Paul Bettany, Timothy Dalton e Steve Berkoff, o Turista oferece Veneza como cenário para uma instigante e perigosa rede de intrigas. A trama, além de envolvente, desperta uma vontade quase que singular de desbravar os canais da belíssima e charmosa cidade italiana.

- Mistério no Mediterrâneo (Murder Mystery)



Para os amantes de uma boa comédia, o filme Mistério no Mediterrâneo, lançado pela Netflix em 2019, e estrelado por Adam Sandler e Jennifer Aniston, promete inspirar desejos profundos por um cruzeiro de férias. Na trama, Sandler vive um policial de NYC que, após anos de trabalho duro, finalmente consegue levar sua mulher (Aniston) para passar férias na Europa. Após fazer amizades no voo, os dois são convidados para uma festa no iate de um bilionário, que é assassinado. Em meio à confusão, paisagens charmosas surgem como pano de fundo. Destaque para as belezas do Lago de Como, com suas vilas, colinas e montanhas. Um charme só.

Fonte: Quickly Travel

Comentários