Dicas para uma viagem pelo Alentejo no inverno


Com a notícia da reabertura de Portugal, muitos viajantes do Brasil já planejam trocar o alto verão brasileiro para curtir o friozinho no continente europeu. E que tal vivenciar todo o cenário pitoresco do Alentejo? A maior região de Portugal tem tudo para tornar o roteiro de inverno inesquecível, com muitos vinhos premiados, gastronomia saborosa e charmosas vilas de arquitetura singular.

Conheça as dicas:

-  O clima:

Os dias de inverno no Alentejo são ensolarados com temperaturas amenas, mas nada do frio como no restante da Europa, por exemplo. É possível se deparar com alguns períodos mais chuvosos também. Por isso, o ideal é investir em uma mala com roupas e calçados fechados.


- Atividades ao ar livre:

Mesmo com as baixas temperaturas, os constantes dias de sol convidam para atividades ao ar livre, como explorar as planícies com campos de plantações que aguardam a mudança de estação. O passeio é a certeza de presenciar um deslumbrante e emblemático pôr do sol no Alentejo.


Aos amantes dos esportes, há estradas fantásticas e percursos muito bem sinalizados por toda a região, que convidam para um passeio de bicicleta. Desta forma, é possível apreciar toda a paisagem bucólica, que ganha um tom mais opaco durante o inverno, mas sem perder o seu charme.

- Programa culturais e monumentos:

Se as temperaturas mais baixas fazem você querer se abrigar em locais fechados, aposte nos programas culturais. O Alentejo tem locais impressionantes para visitar, como a Capela dos Ossos e a Catedral de Évora, em Évora, o Forte de Nossa Senhora da Graça, em Elvas, ou o Paço Ducal de Vila Viçosa, por exemplo. Além disso, há uma excelente oferta de museus muito interessantes, como o Museu da Tapeçaria, em Portalegre, ou o Museu de Évora.


Mas, se você quiser encarar o ventinho gelado e ver de perto o patrimônio histórico alentejano, há cidades e vilas que são verdadeiros museus a céu aberto e com construções magníficas, como Monsaraz, com suas ruas de pedra e o castelo no topo de uma colina, Marvão, com seu castelo de mais de 700 anos, entre outros lugares.



- Gastronomia e enoturismo:

O clima frio e úmido também é perfeito para provar os pratos quentes típicos da culinária alentejana, como o ensopado de borrego – como é chamado o cordeiro com menos de um ano. É uma verdadeira iguaria, temperado com hortelã e ervas aromáticas.



É nessa estação também que se pode visitar os olivais centenários e ainda ver de perto o lugar onde os frutos são processados e dão origem ao azeite, parte fundamental da cozinha local. Vale uma visita ao Lagar do Marmelo, em Ferreira do Alentejo, que já atingiu os 10 milhões de oliveiras e exibe um edifício de arquitetura moderna e tecnologia de ponta.


Para uma completa programação de inverno no Alentejo, é claro que não pode faltar uma verdadeira experiência de enoturismo. Uma taça de um bom tinto encorpado produzido na região é irresistível, principalmente nas baixas temperaturas. A grande variedade de vinícolas oferece a chance de degustar excelentes opções da bebida, além de visitas às caves e adegas.

- Hotéis charmosos:

A oferta hoteleira do Alentejo é excelente e garante muito conforto e comodidade aos seus turistas. Muitas delas são verdadeiros hotéis de luxo em meio às paisagens bucólicas do campo, e oferecem a possibilidade de tomar um bom vinho diante da lareira, desfrutar de tratamentos em spas, relaxar em piscinas aquecidas ou jacuzzis, entre outros. Desse modo, a experiência do inverno no Alentejo fica ainda melhor.



- Sobre o Alentejo:

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. 

Detentor de cinco títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). 

Fonte: Jessica Ferreira

Comentários