Problemas urinários e as emoções: qual a relação?



Incontinência urinária, infecções, cólicas renais… Esses problemas de saúde são bastante comuns na sociedade em geral. Quem nunca teve uma infecção urinária e sentiu aquele ardor no momento de fazer xixi? Apesar de muito comum e corrente, no entanto, o que muitas pessoas não sabem é sobre as verdadeiras causas dos problemas urinários.

Os problemas urinários têm forte relação com o nosso lugar, o nosso território no mundo. Em outras palavras, a urina associa-se com uma marcação de território, como se com ela determinássemos o nosso espaço, nosso território.

Independente do problema, a fisioterapeuta explica que “as nossas doenças e problemas de saúde são manifestações das nossas emoções e pontos de vista”. Assim, com os problemas urinários, não é diferente. Por meio das 5 leis biológicas, estudo formulado pelo médico alemão, Dr. Hamer, é possível entender que tudo o que sentimos no âmbito emocional, pode ser traduzido pelo corpo na forma de alguma patologia física.

No caso de incontinência e infecções urinárias recorrentes, é possível entender que o paciente está com dificuldades em delimitar limites ao outro. Por isso, como a urina desempenha um papel de “marcar o nosso território", esses problemas evidenciam situações em que existem dificuldades em um relacionamento ou ainda na delimitação do seu próprio espaço.

Já no que se refere às cólicas renais, dependendo o lado do rim afetado, a pessoa pode estar passando por diferentes situações. Quando uma pessoa tem cólica renal a direita, temos que buscar o quanto está difícil para ela colocar limites em alguém que mora junto com ela; já se a cólica renal no rim esquerdo, a dificuldade se dá com alguém que vem de fora.

Ana ainda afirma que as manifestações podem mudar com o decorrer do tempo. Isso porque, se a pessoa está vivendo tudo isso agora, sua urina pode ficar mais escura e ainda, ter cheiro forte para ajudá-la a marcar mais ainda seu lugar. Agora, se o problema com relação aos limites já tiver passado, o corpo pode manifestar essas dores de outras formas, com a queimação e o ardor.

Por último, é importante frisar que os problemas urinários e renais são bastante frequentes e recorrentes. Assim, investigar a verdadeira causa do problema pode gerar resultados incríveis, nos quais os sintomas venham a ser tratados desde a origem para que não ocorram mais. 

O nosso corpo fala e é essencial que estejamos atentos à sua comunicação. O que o seu corpo está dizendo para você?

Fonte: Ana Peixoto -  Fisioterapeuta eTerapeuta especialista em medicina germânica. Idealizadora das técnicas de Reprogramação Bio-muscular e Anatomia Emocional.

Comentários