sexta-feira, 4 de junho de 2021

Dia Mundial do Meio Ambiente incentiva a reflexão sobre a preservação da biodiversidade



A temática ambiental vem se posicionando e tomando forma nos últimos anos, passando pela ecologia, sustentabilidade e chegando, atualmente, aos conceitos de Economia Circular e ESG. Mas, infelizmente entre 2015 e 2018, a área desmatada da Floresta Amazônica triplicou.

De acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e da Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada (RAISG), entre agosto de 2019 e julho de 2020 foi observado um aumento de 9,5% da área desmatada em comparação com o mesmo período do ano anterior. Já no Pantanal, nos primeiros oito meses de 2020, foi registrado aumento de 205% nos focos de incêndio, comparando com o mesmo período de 2019.

Segundo pesquisa realizada no final de 2020 pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, em parceria com o Programa de Comunicação de Mudanças Climáticas da Universidade de Yale, proteger o meio ambiente é prioridade para 77% dos brasileiros. Porém, algumas discussões sobre o tema ainda estão presos a conceitos sem fundamentos, confundindo as pessoas sobre o que realmente é eficaz nessa luta

De acordo com um levantamento feito pela Opinion Box em 2019, 33% dos mais de 2.000 entrevistados disseram que se importam muito com as ações sustentáveis de uma marca e outros 55% afirmaram dar preferência a negócios reconhecidos pela responsabilidade ambiental.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, a ser comemorado no dia 5 de junho, a Floresta Amazônica é sempre muito lembrada, pois é a maior do mundo e se estende por nove países: Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname. Ela abriga cerca de 20% da fauna do planeta Terra. O Rio Amazonas, o principal da região, com 6.600 Km de comprimento é responsável por 15% da descarga total de rios do mundo nos oceanos. Entre as centenas de afluentes do Amazonas se encontra o maior número de espécies de peixes de água doce do mundo. 

Na Amazônia, há florestas de terra firme, floresta de igapó e floresta de várzea. Em cada uma é possível encontrar um tipo de flora diferente. Entre as espécies endêmicas se destacam a vitória-régia, o cacau-da-amazônia, a castanha-do-brasil, o cupuaçu e a seringueira.

Por ter a maior biodiversidade do mundo, a Amazônia abriga muitas espécies endêmicas, ou seja, que não são encontradas em outros lugares. Preservar a biodiversidade constitui uma das condições básicas para manter o equilíbrio ambiental do planeta.

A legislação ambiental no Brasil é bastante complexa e abrange todas as atividades de uma empresa: desde a extração da matéria prima até o consumidor final. Existem casos que vão além e, englobam o papel da logística reversa, abrangendo desde o descarte do consumidor até a indústria, para que o material tenha uma destinação sem impacto ambiental.

O Dia Mundial do Meio Ambiente precisa ser marcado pelo incentivo aos esforços da sociedade para gerar valores sustentáveis, contribuindo hoje para um amanhã mais promissor.


Fonte: Vininha F. Carvalho - editora da Revista Ecotour News & Negócios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário