segunda-feira, 12 de abril de 2021

Dubai é um ótimo centro para intercambistas

  Photo by Théo Nilo on Unsplash

Com a pandemia e o potencial risco de contágio do novo covid-19 vimos as viagens e os sonhos de muitas pessoas serem adiados. Os principais destinos como EUA e Europa ainda estão fechados. O que nos faz lançar os olhares para outros destinos que oferecem o mesmo conforto e retorno dos destinos tradicionais. 

A terra dos Sheiks, passou a ser vista como um tesouro para salvar o intercâmbio. Mesmo em 2020, Dubai já estava livre do risco de COVID-19, totalmente adequado recebendo turistas e intercambistas.

Quando ouvimos a palavra Dubai, imaginamos paisagens paradisíacas, hotéis luxuosos, sheiks e o núcleo oriental de negócios, fazendo a ponte entre a China e o ocidente. Mas, você já imaginou aprender inglês lá?

Isso mesmo, Dubai é um ótimo centro para intercambistas. Embora o idioma oficial do país seja árabe, o mais falado é o inglês, já que 75% da população é imigrante. 

Além disso, o país facilita para quem quer tirar o visto e com 3 meses de estadia você já pode solicitar um emprego temporário. Muitos destes, com acomodações pagas pelo empregador. As universidades, reconhecidas internacionalmente, ministram aulas somente em inglês. Ainda há módulos para inglês geral, business, conversação e gramática.

Para quem gosta de calor, os termômetros batem 40º, mas 100% dos lugares possuem ar condicionado, os meses de inverno e outubro são estações mais amenas e confortáveis. 

O sistema político segue os preceitos do islamisno, porém pelo país ser totalmente globalizado, as normas são bem flexibilizadas e o intercambista tem uma vida livre, e segura. Na maioria dos lugares não há limitações ou impedimentos de vestuário, exceto em templos religiosos ou locais mais tradicionais.Há praias em que você pode usar um biquine ou sunga, e outras que para as mulheres, somente com a burca.

Dubai é um país muito organizado e muito rigoroso no que diz respeito à drogas, que são inacessíveis. Assim como bebidas alcoólicas que são caras e controladas. Para pais que enviam seus filhos para uma experiência internacional, o país, seria o sonho, pois os quartos e andares são separados por sexos. 

Outro quesito muito importante é que, ao contrário do que acontece em países do oriente médio, a mulher se sente segura. Há vagões exclusivos no metrô e trens, prioridade em filas, etc.

Como eu disse, Dubai possui muitos imigrantes. Então você terá contato com muitas nacionalidades, podendo enriquecer ainda mais culturalmente a sua viagem. 

Embora não muito cotado nas agências de viagens, o país oferece muitas condições boas para quem quer aprender um novo idioma. Mesmo agora, está recebendo turistas brasileiros (desde que sigam as recomendações, como exame de PCR e ter um seguro saúde). 

A maior companhia aérea com base em Dubai, a Emirates, oferece o exame de graça aos passageiros e caso um passageiro seja contaminado a empresa irá cobrir os gastos com estadia e internação.



Fonte: Regina Quadrelli - CEO da Intercâmbio Help. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário