terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Seis razões para visitar o Alentejo na primavera


Turismo pela região portuguesa fica ainda mais atrativo na estação que, na Europa, vai de março a junho.

O Alentejo tem cidades encantadoras, restaurantes deliciosos e hotéis de primeira. Ainda assim, é uma região rural de Portugal, e sua maior riqueza é a natureza, que vai de belíssimas praias no litoral a campos verdejantes no interior. Sendo assim, a primavera se mostra como uma época perfeita para visitar este destino.

- Confira alguns motivos para isso:

1. O clima

Entre março e junho, a primavera europeia, o Alentejo apresenta temperaturas amenas e com pouca amplitude térmica. Isso garante passeios muito agradáveis, que não são prejudicados pelo excesso de calor, sol intenso ou a necessidade de carregar vários casacos que só são necessários em alguns momentos do dia.

2. As paisagens:

Os cenários alentejanos são tomados por uma explosão de cores, aromas e muita vida nesta época do ano. No trajeto entre dois vilarejos, é impossível não apreciar as árvores frondosas e a abundância de folhagens e flores locais.


3. As caminhadas:

Esta é uma atividade popular no Alentejo, uma vez que existem várias trilhas bonitas por todo seu território. A Rota Vicentina, por exemplo, é um projeto que soma 450 quilômetros de percursos que atravessam os campos ou margeiam o litoral. A primavera, além de ter o clima ideal para esse tipo de exercício ao ar livre, ainda garante os melhores cenários.


4. Os rios e lagos:

Os belos dias desta estação são perfeitos para desfrutar das águas da região, como o lago Alqueva ou o rio Guadiana. É possível fazer passeios de barco, praticar stand-up paddle ou curtir o ambiente e tirar fotos da margem.


5. O litoral:

O litoral também é uma atração do Alentejo, principalmente quando o clima está quente. Na primavera, as praias costumam estar mais desertas e ainda mais agradáveis. Vale admirar as praias de areia dourada e mar de azul profundo rodeadas por impressionantes falésias, mas também curtir os dias de sol.


6. As experiências em vinícolas:

Não será uma boa viagem ao Alentejo se não houver vinho. Os turistas podem mergulhar na cultura vinícola da região, aproveitando experiências como degustações e visitas às adegas. Algumas propriedades produtoras investiram em experiências ligadas à natureza, como piqueniques ao ar livre com iguarias e vinhos, passeios de bicicleta pelas vinhas e voos de balão, que são ainda melhores na estação das flores.


- Sobre o Alentejo:

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. 

Detentor de quatro títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).



Fonte: Jessica Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário