quarta-feira, 1 de julho de 2020

Marketing disruptivo: como a cultura da tecnologia pode inspirar negócios diversos



A palavra disrupção é muito comum no mercado de tecnologia, onde atuo. Mas, diante de um mercado cada vez mais competitivo, ser disruptivo é algo que se faz necessário em segmentos diversos. Hoje, temos algumas opções de metodologias e ferramentas que podem ser muito interessantes para melhorar o desempenho da nossa área, mas mesmo assim, investir por investir não é o suficiente.

- Dados – a moeda da vez:

Tanto os profissionais experientes como os iniciantes precisam sair da zona de conforto do dia a dia para obter o hábito de analisar e estudar os dados que possuem dentro de casa, avaliando com um olhar crítico como seu público-alvo está interagindo com a marca e recebendo as ações produzidas. É por meio deste hábito que conseguimos avaliar novas necessidades e promover mudanças, que hoje são cada vez mais constantes. 

Para mudar é preciso saber “o que mudar”, “por que mudar” e “como fazer essa mudança.” Se o seu marketing ainda sofre para ter acesso a dados hoje a tecnologia está pronta para nos ajudar com isso, então eu te convido para buscar uma transformação digital em seu negócio.

- Valor da sua marca:

E se acompanhar os dados é estar preparado para enfrentar o mercado, saber o valor da sua marca também é outro grande trunfo das empresas que querem se manter competitivas. É por saber o seu valor que muitas empresas conseguem fazer ações simples com um enorme valor agregado. Um exemplo são as experiências interativas com o cliente, que favorecem a troca de informações entre marca e consumidor, e que geram um buzz interessante nesta nossa era das comunicações digitais. 

No entanto, se a sua marca não tem um posicionamento forte para isso, a proposta pode se tornar algo de pouca representatividade. Por isso, conheça bem o posicionamento e a força da sua marca no mercado.

- Atenção no consumidor:

Mais do que nunca o consumidor hoje é nosso alvo de total atenção. Se faz cada vez mais necessário a interação próxima, verdadeira e atenta aos nossos consumidores. Seja para lhe atender de forma mais rápida e eficaz, ou para ter uma conversa cada vez mais honesta, qualificada e encantadora. Nesta hora é válido fazer a diferença, com atenção ao que está acontecendo não apenas nos negócios, mas no mundo. 

O cliente hoje espera marcas que correspondem, compreendem e agem de forma inteligente e coerente, uma atuação que pede transparência e consistência. Precisamos ser cada vez mais verdadeiros e ativos com a sociedade e com o nosso público.

- Controle da eficácia do marketing:

Temos ferramentas, dados e consciência da realidade do mercado, mas precisamos monitorar de forma constante se nossas forças estão sendo eficazes. Quantas vezes neste início de ano você conversou com o seu comercial para entender o quanto o trabalho do marketing já impactou no canal de vendas neste 2020?

Avaliar quantos dos resultados do comercial vieram das ações de marketing pode muitas vezes parecer injusto porque sabemos que atuamos em várias frentes e com objetivos diversos, como por exemplo, no posicionamento de marca, relacionamento, etc. 

Porém, este é um exercício que contribui muito para uma comunicação mais assertiva com o consumidor, e consequentemente, em investimentos e ações que possam nos trazer mais impactos positivos nos negócios – nosso objetivo final.


Fonte: Por Jean Paul Vieira - diretor de Marketing e Produto na Senior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário