quarta-feira, 6 de maio de 2020

Vale a pena criar uma pessoa jurídica?



Você acredita que criar uma pessoa jurídica é só para quem tem muito dinheiro ou trabalha com uma equipe grande? Não é bem assim. Hoje em dia, se mostra muito rentável investir nisso.

“A pessoa jurídica serve para ter mais rendimento e pagar menos imposto, e você pode constitui-la mesmo sozinho, chama-se EIRELI”, conta Dra. Sabrina Rui, advogada em direito tributário e imobiliário.

Hoje em dia, tudo que te faz economizar vale a pena. Se, em um mês, conseguir economizar mil reais, no fim do ano esse valor será doze vezes maior, ou seja, a economia é de 12 mil em um ano. Considerando que a longevidade da empresa será muito maior, a renda economizada só aumenta.

Se pensarmos, por exemplo, em alguém que tem dois ou três imóveis na forma de pessoa física, o imposto a ser pago sobre a renda auferida é de até 27%. Caso os imóveis estejam dentro de uma pessoa jurídica, a carga tributária pode diminuir para até 15%.

Claro, é preciso analisar a finalidade e se realmente valerá a pena constituir a pessoa jurídica, porém, na maioria dos casos, a economia que resulta do investimento para constituí-la é sempre muito maior.

Outra vantagem é ter a necessidade de fazer inventário anulada. Com a pessoa jurídica, é possível envolver também os filhos e fazer a transmissão de cotas, assim, os bens serão passados para os filhos sem a necessidade do inventário.

Criar uma pessoa jurídica pode proteger o seu patrimônio, fazer com que se pague menos impostos e evitar o inventário. Todos estes fatores criam uma segurança financeira extremamente favorável, não apenas para quem tem muitos bens, mas para todos.


Fonte: Dra. Sabrina Marcolli Rui

Nenhum comentário:

Postar um comentário