sexta-feira, 6 de setembro de 2019

O que fazer na Noruega durante o outono


A Noruega possui uma diversidade de destinos, todos combinados em um só. Isso porque, em sua grande extensão territorial, o país possui diferentes cenários, climas e atrações. Por isso, em uma única viagem é possível vivenciar experiências bem diferentes. No outono, a dica é aproveitar a belíssima região dos fiordes e também o início da temporada da aurora boreal no norte do país.

O outono norueguês costuma oferecer uma grande variedade de temperaturas e climas. O calor do verão pode durar até o meio de outubro, mas a chuva às vezes se torna neve já no início de novembro. No entanto, o melhor sinal de que a estação chegou são as árvores, cujas folhas se tornam amarelas e vermelhas e começam a cair, criando um cenário incrível. 



A natureza chega ao auge da beleza com as lindas cores de outono. As áreas montanhosas ficam especialmente bonitas nesta época do ano e muitos noruegueses saem para caminhar com a família nas montanhas e florestas do país. A época é bastante vantajosa também para os viajantes, já que os locais mais turísticos não estão tão cheios quanto na alta temporada e os preços de hotéis estão mais baixos.

A região dos fiordes noruegueses é especialmente encantadora durante o outono. Os fiordes tornaram a Noruega mundialmente conhecida, já que o país tem a maior concentração dessas formações no mundo. O Fiorde de Geiranger e o Fiorde de Nærøy estão na lista de Patrimônios da Humanidade da UNESCO. Outros que também se destacam são Fiorde de Lyse, Fiorde de Nord , Fiorde de Sogn e Fiorde de Hardanger. 


Nessas paisagens surreais, ganham destaque as altíssimas cachoeiras, os picos de montanhas e as águas cristalinas. Há fiordes em toda a costa da Noruega, mas nesta região a estrutura turística é mais desenvolvida para o turismo internacional. O grande trunfo de visitar os fiordes noruegueses em detrimento de outros espalhados pelo mundo é a acessibilidade, já que é possível transitar de um para o outro de barco (ferry boats), ônibus ou carro, e vivenciar inúmeras possibilidades de roteiros.

No outono, já é possível começar a avistar as auroras boreais nos céus da região norte da Noruega, por isso uma viagem que combina a região dos fiordes com a região norte se torna ideal. A aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza, uma experiência inesquecível de viagem. Ela pode ser observada ao redor do mundo, em regiões próximas ao Círculo Polar Ártico. Sua ocorrência se dá a partir do final de setembro, mas com maior probabilidade e intensidade entre os meses de novembro e março. Ir à caça da aurora boreal pode ser uma bela aventura. 


A capital da aurora boreal na Noruega é Tromsø. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto. O acesso a Tromsø é muito simples, lá está um dos principais aeroportos do país, que recebe voos diários de inúmeras cidades norueguesas e também de algumas capitais europeias.

O Visit Norway oferece um aplicativo exclusivo para quem está à caça da aurora boreal. O Norway Lights promete aumentar as chances de conseguir vislumbrar o fenômeno, oferecendo uma previsão do tempo e probabilidade de ocorrência para cada cidade norueguesa em tempo real e de forma super prática. Ele está disponível para Android, iOS e Windows.


- Sobre a Noruega:

A Noruega é um país que chama a atenção. Seja pelo famoso bacalhau e paisagens surreais, como os fiordes que oferecem diversas atividades no verão, ou por seu inverno, que encanta aqueles que apreciam o frio ou tem curiosidade pela neve, o local é cada vez mais cobiçado como destino turístico. Para os adoradores de ambientes naturais, o país é inigualável. 

As regiões montanhosas, os fiordes formados pelos recuos das geleiras, as florestas e praias, os suntuosos rios e cachoeiras, assim como os vinte e um parques nacionais contribuem para deixar os cenários noruegueses entre os mais impressionantes do mundo. 


Fonte: Maria Clara Mancilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário