quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Começou a temporada da aurora boreal na Noruega


A aurora boreal é um dos fenômenos mais belos da natureza. Ela pode ser observada ao redor do mundo, em regiões próximas ao Círculo Polar Ártico. Sua ocorrência se dá a partir do outono, no final de setembro, mas com maior probabilidade e intensidade entre os meses de novembro e março. Ir à caça da aurora boreal pode ser uma bela aventura, especialmente na Noruega. 

Durante esta temporada, está disponível uma grande variedade de atividades como expedições fotográficas, passeios de caiaque, de snowmobille, de trenó ou até mesmo a cavalo. Em toda a região norte da Noruega é possível avistar a aurora boreal. 


Alguns dos principais destinos turísticos que oferecem essa experiências são as cidades de Alta, Bodø e Kirkenes, as Ilhas Lofoten e Svalbard e a região do Cabo Norte (ponto mais ao norte da Europa, localizado na ilha de Magerøya).

- Capital da aurora boreal:

Na Noruega está localizada Tromsø, conhecida como a capital da aurora boreal. A cidade está a 350 quilômetros ao norte do Círculo Polar Ártico e é a maior da região norte do país. Por lá, as chances de presenciar o fenômeno da aurora boreal são altas e o grande diferencial é que os visitantes podem ter essa experiência com toda estrutura e conforto. O acesso a Tromsø é muito simples, lá está um dos principais aeroportos do país, que recebe voos diários de inúmeras cidades norueguesas e também de capitais europeias.



- Hurtigruten:

Na Noruega, é possível ter a experiência de observar a aurora boreal a bordo de um navio. A empresa Hurtigruten oferece um percurso de 12 dias durante o inverno que vai à caça das luzes. E, de quebra, os viajantes ainda passam pelas belíssimas ilhas de Vesterålen e Lofoten, além de cidades como Bergen, Ålesund, Trondheim e, claro, Tromsø. Se os passageiros não conseguirem ver o fenômeno neste trajeto, a empresa oferece outro cruzeiro gratuitamente.


- Aplicativo:

O Visit Norway oferece um aplicativo exclusivo para quem está à caça da aurora boreal. O Norway Lights promete aumentar as chances de conseguir vislumbrar o fenômeno, oferecendo uma previsão do tempo e probabilidade de ocorrência para cada cidade norueguesa em tempo real e de forma super prática. Ele está disponível para Android, iOS e Windows.



- Hotel de gelo:

Na Noruega também é possível viver a incrível experiência de se hospedar em um hotel de gelo. O Sorrisniva Igloo Hotel, localizado a 20km da cidade de Alta, no norte do país, começa sua temporada deste ano no dia 19 de dezembro e permanece aberto até 2 de abril de 2019. Além de bar e restaurante, a estrutura do hotel ainda oferece diversas atividades como safári de snowmobile, jacuzzi externa, passeio de trenó puxado por renas, pescaria no gelo e muito mais. 

Tudo isso com uma boa chance de se vivenciar a maravilha do fenômeno da aurora boreal. Outra opção de hotel de gelo é o Snowhotel localizado na cidade de Kirkenes. Além da arquitetura de gelo e todas as atividades típica da região, ele também oferece chalés de madeira com vista panorâmica, possibilitando que os hóspedes possam avistar a aurora boreal no conforto do próprio quarto.


- Povo Sami:

Na região norte da Noruega, onde acontece o fenômeno da aurora boreal, é também onde residem os Samis, povo indígena da Lapônia. Além de conhecê-los de perto e aprender mais sobre suas tradições, os turistas ainda podem embarcar em um passeio guiado por eles, a bordo de um trenó puxado por renas. Os Samis conhecem como ninguém a região e, além de divertida, essa pode ser uma ótima experiência cultural.



- Sobre a Noruega:

A Noruega é um país que chama a atenção. Seja pelo famoso bacalhau e paisagens surreais, como os fiordes que oferecem diversas atividades no verão, ou por seu inverno, que encanta aqueles que apreciam o frio ou tem curiosidade pela neve, o local é cada vez mais cobiçado como destino turístico. Para os adoradores de ambientes naturais, o país é inigualável. 

As regiões montanhosas, os fiordes formados pelos recuos das geleiras, as florestas e praias, os suntuosos rios e cachoeiras, assim como os vinte e um parques nacionais contribuem para deixar os cenários noruegueses entre os mais impressionantes do mundo. 


Fonte: Maria Clara Mancilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário