sexta-feira, 12 de abril de 2019

Um roteiro só para quem ama café


       No dia 14 de abril será celebrado o Dia Internacional do Café

Que o café é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, ninguém duvida. Só em 2018, o consumo mundial de café alcançou a marca de 158,6 milhões de sacas, e os brasileiros ocupam o terceiro lugar no ranking de países que mais consomem a bebida, segundo dados do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). 


- Confira alguns países mais renomados na arte desse líquido tão requisitado em todo o mundo:

- Colômbia:

O café colombiano é famoso por ser um dos melhores que existe no mundo. Sua colheita é feita manualmente e só utiliza-se apenas melhores grãos para a fabricação do café.
Conhecido como maior produtor de café do mundo, desde a década de 1920, o país recebeu da União Europeia o status de região geográfica protegida em 27 de setembro de 2007.


Essa indicação foi dada a 100% de café arábica cultivada nas plantações colombianas. Os grãos têm, geralmente, um aroma frutado, doce e com algum toque cítrico, e até mesmo notas de coco – alguns dizem que esse café é também conhecido como um dos mais agradáveis e macios na boca.

- Itália: 

A bebida faz parte da identidade cultural do país, e se mistura com as demais características das regiões para dar origem a variações a como Cappuccinos e Mocaccinos, hoje facilmente encontradas em qualquer lugar do mundo. Ou seja! São excelentes experts na arte de preparar a bebida.

- Etiópia:

É, por muitos, considerado o berço do café. Há dados que reforçam que metade da produção anual (6,5 milhões de sacas) é consumida no próprio país, tendo aproximadamente 3,5 milhões de sacas exportadas. Há, claro, grandes propriedades privadas de produção de café para venda comercial, porém, a maioria dos agricultores são pequenos produtores familiares, e os pés de café crescem em torno de sus casas, diferente do que imaginamos como campos agrícolas. Um “ritual” muito conhecido na Etiópia é a Cerimônia do Café. Nele os grãos são selecionados, lavados, torrados em fogo à lenha e moídos na hora, utilizando utensílios e processos ancestrais para sua preparação. E tudo isso acontece em um ambiente decorado com folhas e perfumado com incenso, onde todos se sentam ao redor de um altar contendo os instrumentos que serão usados na cerimônia. 


Vestida com trajes típicos, a chamada “senhora do café” é a responsável pela preparação da bebida, já que apenas mulheres podem realizar o ritual. O perfume resultante da torra do café se mistura ao incenso e preenche o ambiente, trazendo uma sensação de paz e felicidade e criando uma conexão entre todos.

- Quênia: 

O país é considerado uma potência na produção da bebida. O café é tido como um símbolo do país e existem, inclusive, diversas visitas temáticas para turistas que buscam conhecer mais da bebida ao visitar o país. Ele é produzido em uma região montanhosa, de solo vulcânico. E cerca de 2/3 do café queniano são produzidos por pequenos produtores, que se reúnem em cooperativas que permitem beneficiar e comercializar o grão. Além do solo, o clima da região montanhosa do Quênia, mais ameno e com sol forte, influencia na produção de um café extremamente saboroso.


- Havana, Cuba:

O expresso cubano é uma bebida típica do país e surgiu depois da importação das primeiras máquinas de café italianas. Ao sabor forte do café, os cubanos acrescentam a doçura do açúcar amarelo, adicionado à bebida no meio do processo de infusão. Outra opção é o “Café com Leche”, mistura de café com leite condensado.

- Brasil:

Claro que o nosso café não poderia ficar de fora dessa lista. O produto que impulsionou a economia, e até mesmo a política, durante séculos, e que está sempre presente na vida, e na mesa, do brasileiro é classificado em 3 categorias: o extraforte, o tradicional e o forte, que recebem características distintas de acordo com o perfil de torra do grão.


Agora, é só fazer as malas e partir para provar os melhores cafés do mundo.


Fonte: Fanato - operadora que se diferencia no mercado por apresentar um modelo completo para o cliente, contemplando três marcas com foco no turismo de experiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário