sexta-feira, 4 de maio de 2018

Guia de viagem para a mulher independente


Foi-se o tempo em que viajar era algo para se fazer somente com amigos ou família. Atualmente, vem crescendo de forma considerável o número de pessoas que viajam sozinhas, em especial as mulheres. Uma pesquisa do Ministério do Turismo revelou que 17,8% das brasileiras pretendem viajar sozinhas, contra apenas 11,8% dos homens.

Mesmo assim, podem surgir dúvidas para as turistas mais inexperientes na hora do planejamento da tão sonhada trip. Por isso, a APRIL, multinacional francesa fornecedora de seguros viagem, listou algumas dicas importantes para as viajantes.

1 – Conheça seu destino:

Pesquise muito bem sobre o local que deseja conhecer, incluindo os arredores do hotel que irá se hospedar. Antes de sair da hospedagem para explorar, sempre peça informações sobre os melhores meios de transporte para voltar ao hotel.

2 – Evite ostentar:

Opte por deixar objetos de muito valor, como notebooks e tablets, no hotel, e ande somente com a quantia de dinheiro necessária para passar o dia.

3 – Informe seu itinerário para os familiares e amigos:

Deixe com seus familiares uma cópia do planejamento da viagem, para que eles saibam em que dia você irá para cada ponto turístico. É aconselhável também manter contato frequente para comunicar possíveis mudanças.

4 – Passeios noturnos:

Escolha lugares que fiquem em ruas mais movimentadas. Se for um lugar distante do hotel, não se arrisque andando a pé. Vá e volte utilizando um táxi ou aplicativo de transporte.

5 – Segurança em primeiro lugar:

Item indispensável sempre que pensamos em viajar, o seguro viagem garante atendimento médico, odontológico e hospitalar de acordo com o plano contratado. É possível ainda receber auxílio em casos de extravio de bagagem pela companhia aérea, atraso de voos, entre outros contratempos. 

6 – Novas amizades:

Marque encontros sempre em locais públicos e com bastante movimentação. Evite revelar a localização do seu hotel e informações pessoais para estranhos, por mais simpáticos que eles sejam.

7 – Telefones emergenciais:
Leve sempre anotado em um papel os principais telefones para casos de emergência. Outros contatos úteis são os da embaixada ou consulado do Brasil mais próximos de onde estiver hospedada.

8 – Curta cada momento:

Viajar é uma experiência única. Não se esqueça de registrar o máximo de lugares e pessoas que puder, para se inspirar a continuar explorando o mundo durante toda a vida.


Fonte: Angelo Prata

Nenhum comentário:

Postar um comentário