quarta-feira, 23 de maio de 2018

A arquitetura da fé

                                      SultanAhmet
Mesquitas da Turquia contam a história do país e do mundo com majestosidade e encanto

A Turquia é um país rico em encantos, além das lindas paisagens naturais, as construções feitas pelos homens reservam cenários incríveis e com muita cultura e história. Uma das grandes construções turcas, as mesquitas, ocupam a paisagem em diversos pontos do país. Só em Istambul, são mas de 3 mil dessas construções.

Os templos Islâmicos são imponentes e muito característicos da cultura Turca. Os tetos, feitos com abóbodas ou cúpulas, possuem minaretes - grandes torres que compõem o complexo das mesquitas. Os minaretes são para que os Almuadens façam as conhecidas orações diárias, que formam um dos cinco pilares da religião, e são realizadas cinco vezes ao dia.

Para conhecer Istambul e sua história é possível fazer um roteiro pelas principais mesquitas da cidade, cada uma com sua particularidade, encantando os olhos curiosos dos visitantes que persorrem por este roteiro rico em fé, que ultrapassa os séculos. 


Para a visita é importante lembrar que as mesquitas são templos de oração e adoração à Alá, por isso, por respeito, é necessário seguir algumas regras para entrar. As mulheres devem cobrir cabeça, ombros e todo o corpo. Os homens devem usar calça e camiseta, além disso, é necessário retirar os sapatos. Abaixo, algumas das mais belas mesquitas – pontos turísticos do país.

- Mesquita Azul (Sultan Ahmed): 

Um dos principais pontos turísticos de Istambul, a mesquita Azul foi construída pelo Sultão Ahmed entre 1609 e 1616. Seu interior é decorado com azulejo Inik e possui um padrão de cor azul, por isso o nome. Ela foi construída para ser mais imponente que a Basílica de Santa Sofia – que também merece entrar no roteiro.

- Mesquita de Suleymaniye: 

Maior que a mesquita Azul, a mesquita de Suleymaniye foi construída entre 1550 e 1557, por ordem do Sultão Süleyman I, "O Magnífico", que foi um dos responsáveis pela expansão do então Império Otamano. Localizada na Zona histórica de Istambul, tombada pela UNESCO como patrimônio mundial da Humanidade, sua construção foi obra do arquiteto Sinan, um dos grandes nomes do período Otomano, responsável também pela construção do cemitério que encontra-se em frente à mesquita. Nele, estão enterrados os corpos do Sultão Suleiman e de sua esposa.

- Mesquita de Eyüp: 

Eyup é o nome de um companheiro de Maomé, a mesquita foi erguida em sua homenagem, perto de onde ele teria sido sepultado. No complexo da mesquita tem um cemitério onde Eyup e objetos pessoais de Maomé estão enterrados. Por todo esse retrospecto, ela é um lugar de peregrinação de fiéis. Sua construção se deu em 1453 e teve fim em 1458.

- Mesquita Semsi Pasha: 

Localizada do outro lado do estreito de Bósforo, a mesquita Sensi Pasha só pode ser acessada de barco. Ela é bem menor e mais simples que as descritas acima, porém seu encanto é igualmente magnífico. Ela fica bem a margem do estreito e também é um projeto do arquiteto Sinan.

- Sobre a Turquia:

Localizada no mediterrâneo, dividida entre os continentes asiático e o europeu e separada pelo famoso Estreito da Turquia, sua geografia é rica e permite diferentes modelos climáticos, que vão do oceânico ao mediterrâneo.  A Turquia faz fronteira com 8 países e tem Ancara como capital, enquanto Istambul é a maior cidade e principal centro cultural e comercial, abrigando o Grand Bazaar, ponto turístico que reúne mais de 4 mil lojas e diversos visitantes por dia. Com uma população de aproximadamente 80 milhões, o país abriga diversas cidades encantadoras como Bodrum, Antália, Kusadasi, Göreme, além de ter um povo afetuoso e hospitaleiro e gastronomia riquíssima.


Fonte:Cibely Toller



Nenhum comentário:

Postar um comentário