Como as empresas podem oferecer orientação financeira aos colaboradores?

               


Problemas financeiros decorrentes do alto endividamento é uma das principais causas a impactar negativamente a saúde, bem-estar e qualidade de vida do trabalhador. Pessoas em situação financeira desfavorável tendem a ter seu engajamento e motivação impactados, refletindo na baixa qualidade do trabalho a ser entregue.

De olho nessa realidade e com o propósito de ajudar empresas a oferecer cada vez mais valor aos seus colaboroadores, a Sodexo Insights, plataforma de pesquisas, estudos e análises relevantes no mercado e para o mercado da Sodexo Benefícios e Incentivos, preparou um material cheio de dicas sobre como as companhias podem oferecer orientação financeira aos funcionários a fim de contribuir com seu negócio.

“Problemas financeiros causam estresse que acarreta em distúrbios relacionados a ansiedade, depressão e na perda da qualidade de vida. E tudo isso é levado para dentro da empresa, que começa a sentir seus efeitos ao registrar aumento no número de faltas, crescimento da taxa de turnover e a diminuição da qualidade do produto ou serviço entregue ao cliente.

Para ajudar seus colaboradores, as companhias podem oferecer cursos, debates, palestras e vídeos sobre boas práticas financeiras. Na Sodexo, por exemplo, há o Apoio Pass, um programa que disponibiliza consultores financeiros e também atua em outras frentes como a social, jurídica e psicológica. O serviço está disponível também para o mercado“, conta Monica Torquato, Gerente de Treinamento e Desenvolvimento e Recrutamento e Seleção da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Confira as dicas a seguir:

- Promova a educação financeira na sua empresa

Ofereça cursos, palestras ou vídeos com foco em planejamento financeiro, controle de gastos, criação de reserva de emergência, uso inteligente de crédito para ajudar a conscientizar os seus colaboradores. Aposte também em debates sobre o tema, com convidados externos trazendo exemplos do dia-a-dia. Vale também disponibilizar consultores que poderão orientar da melhor maneira possível os funcionários, para que eles consigam pagar as contas e não fechar o mês no vermelho.

- Benefícios como aliados: 

Estruturar um bom plano de benefícios para colaboradores é uma forma de contribuir para a saúde financeira das equipes. Além de vale-refeição ou alimentação, por exemplo, a sua empresa pode incluir vale-cultura, planos de saúde robustos, auxílio-home office e vale-combustível entre outros tantos recursos que darão aquele alívio nas finanças. Atender as necessidades da sua equipe é fundamental para ter funcionários saudáveis, satisfeitos e motivados!

- Estimule a comunicação: 

Disponibilize um contato no setor financeiro para auxiliar seu time. É essencial que os colaboradores saibam onde recorrer se estiverem passando por apertos financeiros.

- Avalie a situação financeira do colaborador: 

Antes de escolher algum programa de orientação financeira, é importante a empresa avaliar a saúde financeira dos seus funcionários. É possível verificar essa situação a partir da demanda por crédito consignado, das solicitações de adiantamento do 13º salário ou através das vendas de um período ou de todo o período das férias.


Fonte: Victória Ribeiro

Comentários